“É a vida”

MAFALDA

Você está conversando com alguém. Reclamando. Da lentidão do trem, da desigualdade do mundo, dos preços aumentando. De uma lei injusta que foi aprovada, de uma situação de humilhação ou abuso que você presenciou, dos deputados aumentando seu salário.

Estou indo longe demais.

Quero falar mesmo das pequenas colocações do dia a dia. Que incomodam quem sabe olhar a vida no detalhe. A maioria das pessoas não percebe, e quando o assunto é trazido à tona, alguém sempre diz “é a vida”.

Essa semana eu me envolvi em algumas discussões, e colecionei essas respostas.

“O mundo é assim mesmo, e nunca vai mudar”

“Vivemos numa sociedade doente, que não tem conserto”

No filme “Que horas ela volta” – uma pérola do cinema brasileiro atual – a personagem Jéssica questiona a mãe sobre os comportamentos que ela tinha repreendido na filha, perguntando quem tinha ensinado ela que não pode isso, e pode aquilo. A mãe então responde, que são coisas que ela nasceu sabendo.

Que horas ela volta

Ora, ninguém nasce sabendo nada. Por isso eu que nasci no Brasil falo português, e minha colega que nasceu no Marrocos fala francês e espanhol, línguas faladas pelos seus pais. Você não nasce sabendo onde era pra ser o seu lugar, mas as circunstâncias que você vive o fazem pensar o que pode ou não é capaz de fazer na vida.

O problema não é vivermos numa sociedade doente, mundo falido e bla bla bla. O problema é cada indivíduo reconhecendo essas falhas, e repetir constantemente:

“é a vida.”

é a vida

é a vida

conformismo doentio. As pessoas se acostumam, acabam aceitando que tem muito ou que tem quase nada. Acabam aceitando serem tratadas de forma específica pela sua classe social, aparência, gênero.

Talvez a grande doença da sociedade não seja a própria fome, pobreza, desigualdade, injustiça. A doença mais grave e peçonhenta é acostumar-se com tudo isso, achar que simplesmente é a vida.

Anúncios

Comenta, vai

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s