em 2013: músicas que poderiam ser minha trilha sonora

Como viver sem música.
Pra abafar um pouco quando os problemas estão gritando na sua cabeça. Pra curtir uma paixão, um momento, de alegria, de nostalgia. Pra descrever seus sentimentos indescritíveis.
A música realmente muda minha vida. A arte faz isso com a gente!
 Ouça no RDIO
Descobri a Birdy esse ano. Me apaixonei por seu estilo, a voz é linda, os clipes são muito bem feitos. As vezes parece que as músicas são cantadas pra me agradar hahahaha Seu segundo álbum, Fire Within, lançado nesse ano é meu favorito e suas letras são sensíveis, ao mesmo tempo fortes e expressivas. WOW! Você tem que ouvir o que essa mocinha de 16, 17 anos é capaz.

Ouça no RDIO
Acho que não preciso falar muito sobre a banda, né? As músicas do novo álbum me transmitem aquela sensação estranha e boa de finalmente crescer (Grow Up), não chorar mais pra mãe (Ain’t it Fun), lidar com os próprios sentimentos de uma forma mais coerente, forte e menos escandalosamente dramática (Last Hope). A música Still into you fala sobre um amor ‘antigo’, um amor que passou da fase deslumbrada mais ainda é forte. Gosto de todas, mesmo.
 Ouça no RDIO
Palavrantiga é aquela banda que vai fazer você recuperar sua fé na humanidade, e ver que a música cristã não está perdida, que tem gente muito boa aí. Esse CD mostra os valores da Bíblia, fala de Deus com sinceridade e simplicidade, sem clichê, fala sobre pessoas. Porque Cristo veio por causa das pessoas, igrejas existem por causa das pessoas, e o maior mandamento é amar pessoas. é a essência.
 Ouça no RDIO
Eu já conhecia muito bem a música Fidelity de outros tempos, mas recentemente parei pra ouvir uma outra musica. depois mais outra. Aí eu penso NOSSA ESSA MULHER TEM UMA VOZ DE OUTRO MUNDO. Ela é muito boa, as suas letras são muito bonitas, um estilo bem característico dela mesmo. Meus álbuns preferidos são “Begin to Hope” e “What we saw from the cheap seats”.

Ouça no RDIO
Não vim falar exatamente deste EP lançado esse ano, mas gente: S W I T C H F O O T *-* posso dizer que é minha banda favorita de todos os tempos! Me identifico demais com as letras das músicas, com o estilo, com o Jon Foreman. Gosto da história da banda, o que eles pensam e vivem, o fato de jamais se rotularem como música gospel, ou música cristã, mas expressarem os valores que acreditam e vivem na sua música. São verdadeiros e autênticos e são muito bons. é rock gente! Infelizemente no Rdio não tem toooodas as musicas deles, mas dá pra curtir. Não consigo eleger um álbum preferido, muito menos uma música favorita deles. Mas para ter uma idéia do que eles estão fazendo atualmente, escutem Who We Are:

Anúncios

em 2013: como o Youtube impactou minha vida

Passar bastante tempo na internet, ter wi-fi, 3G, smartphone e dar uma olhadinha na sua timeline do facebook vai te fazer perceber que: qualquer pessoa pode escancarar sua voz na rede mundial, e muitas vezes não ter nada relevante pra dizer. Vivemos bombardeados de informações da vida alheia que, na real, não tem importância e muitas vezes não vão mudar a vida de ninguém. Mas eu creio, O MUNDO NÃO ESTÁ PERDIDO! Existem pessoas talentosas, criativas, engraçadas, ou simplesmente corajosas o suficiente pra mostrar o que elas tem de melhor, da melhor forma possível. Achei umas pessoas assim no youtube. E confesso que, de forma simples ou profunda, impactaram o meu 2013.

Lizzie Bennet Diaries
Já falei aqui sobre Orgulho e Preconceito, então um tal ‘nerdfighter’ Hank Green (irmão do John Green) junto com Bernie Su e um time de atores e atrizes super talentosos criaram essa versão moderna da história em formato de vlog. Acho que até mesmo quem não gosta muito do livro vai gostar desse jeito. muito bom!

Lully de Verdade
Fala sobre tudo, imagem feminina, comportamento,  teoria da careta, come canela pura, as pessoas até pedem “Lully me ajuda!”. Mas o que eu mais gosto nesse canal são seus vídeos sobre cinema, eu aprendi bastante com eles, ela tem um humor leve, não força pra ser engraçada, fez um Draw my life muito bom. É claro, eu não a conheço intimamente, mas eu vejo uma pessoa muito autêntica e inteligente. É uma das melhores vlogueiras.

Gustavo Horn
Esse cara é uma das pessoas mais inspirados do youtube, sério. Ele é um autodidata assumido, que aprendeu a produzir seus vídeos usando as incríveis ferramentas da curiosidade e do Google. Ele mostra uma coisa que acredito muito, que hoje em dia, se você quer aprender alguma coisa, qualquer coisa, você consegue usando a internet e a sua própria força de vontade. Além disso, parece que a família dele foi abençoada com o gene da criação artística! Um vlog feito entre amigos, em família, e ainda assim é muito bom. Pra te incentivar a ler, pra fazer você pensar sobre escola, e te inspirar pra mudar o mundo.

Tiny Little Things – Tatiana Feltrin
Acompanho alguns vlogs literários e JAMAIS VI UMA ESTANTE COMO A DESSA MULHER. É de dar inveja. Mas não é por esse motivo que você deve assistí-la, mas porque ela foi uma das pioneiras em vlog de literatura no Brasil, e ela faz isso: fala sobre livros. Não faz edições complicadas, não tem um cenário arrumadinho, mas fala sobre livros, fala muito bem. É professora de inglês e me lembra muito a minha melhor professora <saudade3. Talvez por isso eu gosto de ouvir ela falar até sobre livros que eu nunca imaginei que gostaria de ler.

Cabine Literária
Começou com o Danilo, depois veio o Gabriel e agora tem a Lúcia pra dar um toque feminino (quero dizer, livros de garotinhas, bem do jeito que eu gosto). Culpados por me fazer ler A culpa é das estrelas, e aumentar cada vez mais a minha vontade de livros e minha lista de  “Vou ler”. É feito por três pessoas diferentes com gostos diferentes, o que faz agradar um pouco a todos. Tem resenhas e críticas sobre livros de vários estilos. Vale a pena!