Trabalhar por amor

Estou trabalhando de graça.

Isso mesmo. Em uma organização sem fins lucrativos. Trabalho e não ganho nada em dinheiro. Tenho jobs, compromissos para comparecer, deadlines para cumprir. Tenho entrevistas por skype. Tenho metas para bater. Vendas, contratos, projetos…

Estou trabalhando de graça, e não é a primeira vez. Estava pensando nas coisas que fiz na vida sem ganhar algo em troca. coisas que fiz porque amava fazer ou por um propósito maior que ganhar dinheiro ou reconhecimento. Fiz teatro, dança, cuidei de criança (não que eu goste disso, mas por causa do propósito), entre outras coisas.

Eu tenho pensado muito em dinheiro (ou mais precisamente na falta dele), só que já fiz muita coisa assim, por que eu queria. Isso é um mega autoconhecimento.  Não sou tão materialista como eu pensava! haha Não digo isso para parecer uma pessoa boa ou caridosa, por que não era isso minha motivação. Eu simplesmente gostava e ficava feliz. E depois de muito tempo distante de fazer algo que me agradasse, estou me sentindo assim de novo.

A verdade, e o motivo pelo qual estou escrevendo, é a conclusão que cheguei sobre escolher um trabalho/carreira: faça por dinheiro aquilo que você seria capaz de fazer sem ganhar nada. Aquelas coisas que você faz sem esperar em troca aplausos, tapinhas nas costas, dólares euros ou reais. Imagine: se hoje metade da população está trabalhando com uma coisa que detesta, imagine se fosse possível redirecionar todo mundo, trocar os cargos, pra que as pessoas pudessem fazer o que gosta e ainda receber por isso? Fantástico, mas utópico também.

Se um dia eu ganhar algum dinheiro por fazer algo parecido com o que estou fazendo hoje, vou me sentir espetacular!

Mas se isso nunca acontecer, tudo bem! Vale a pena mesmo assim.